Inteligência artificial nas contratações pode não ser tão ruim

A inteligência artificial promete transformar as contratações de pessoal em uma utopia de imparcialidade.
Há certamente bastante espaço para melhora. As indicações de funcionários, um processo que tende a deixar grupos sub-representados de fora, ainda representam uma boa parcela das contratações das empresas. Além disso, os recrutadores e gerentes de contratação levam seus próprios preconceitos ao processo, apontaram os estudos, muitas vezes escolhendo pessoas com nomes e formação educacional que “soam corretos”.
As empresas carecem de diversidade racial e de gênero em vários setores e o número de pessoas sub-representadas diminui nos escalões mais elevados da hierarquia corporativa. Menos de 5% dos Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!