Serpro nega venda de dados pessoais

A diretora-presidente do Serviço de Federal de Processamento de Dados (Serpro), Maria da Glória Guimarães dos Santos, negou nesta quarta-feira, 13, em audiência pública na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado, que dados pessoais são vendidos pela empresa. A reunião teve o objetivo de esclarecer fatos decorrentes de investigação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), segundo os quais o Serpro estaria fornecendo informações ao site privado Consulta Pública.
A executiva esclareceu que a empresa presta serviço de extração de dados em um ambiente de segurança. “Para a prestação de serviço, a Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!