Serpro nega venda de dados sensíveis de brasileiros

O Ministério Público do Distrito Federal indicou a existência de um esquema de venda de dados pessoais de brasileirosNo começo deste mês, o Ministério Público do Distrito Federal indicou a existência de um esquema de venda de dados pessoais de brasileiros. Esse esquema seria feito pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) a outros órgãos da administração pública. Na época, o Serpro divulgou uma nota de repúdio.Agora, em audiência pública da Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC), a diretora-presidente do Serpro, Maria da Glória Guimarães dos Santos, negou que os dados pessoais de Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!